Os efeitos negativos da tecnologia no planeta – Nossa visão cultural está conduzindo a destruição

Os efeitos negativos da tecnologia são numerosos. Em nossa marcha em direção ao progresso, degradamos o mundo natural. As florestas são cortadas, a camada superficial é lavada, os rios são poluídos e nossos resíduos são despejados nos oceanos.

Na superfície, este parece ser um problema relativamente recente. Se retornarmos 100 ou 200 anos atrás, parece que a humanidade pisa muito levemente no planeta. Sobre o valor nominal, o culpado é tecnologia industrial. No entanto, este não é o caso. O culpado é a nossa visão cultural; Nossa visão cultural exerce tecnologia de forma destrutiva.

Antes da civilização, todas as culturas do planeta eram vistas como pertencentes ao mundo; Eles eram uma parte dela. Essas culturas tinham vários graus de tecnologia. Alguns eram muito primitivos, alguns bastante complexos.

Mas os efeitos negativos da tecnologia não existiram. Toda a tecnologia foi exercida em certas leis naturais. A civilização mudou isso. Em vez de ver o homem como parte da natureza, as pessoas viram o homem como uma ordem de ser separada e superior. Portanto, o resto da natureza simplesmente existia como um recurso para o benefício do homem.

Por causa desta cosmovisão, a civilização usou sua tecnologia para subjugar a natureza. As sociedades indígenas nunca fizeram. O uso da tecnologia para dobrar a natureza à vontade do homem é o que cria efeitos negativos. Os efeitos negativos da tecnologia não são inerentes à própria tecnologia; É o que usamos para tornar o problema.

Para a maior parte da história da civilização, os efeitos negativos da tecnologia foram localizados. Quando os fenícios destruíram as florestas do que é agora o Líbano, o trauma era local. Quando os gregos e romanos entraram em colapso devido à exploração de suas terras com tecnologia avançada, o efeito era local.

A destruição do ambiente natural tem ocorrido desde o nascimento da civilização, mas é só agora que estamos vendo em uma escala global. Nossa tecnologia industrial progrediu até o ponto em que podemos fazer mais danos em 100 anos do que em 10.000. Mas, novamente, isso não é um problema de tecnologia. É o fato de que nossa visão cultural nos vê como separados da natureza que nos permitem destruí-la.

Ninguém sabe se a tecnologia industrial é sustentável porque nunca a usamos de forma sustentável. Mas talvez seja possível fazê-lo.

O funcionamento da nossa cultura é insustentável. Se não conseguimos encontrar uma maneira de operar uma sociedade complexa dentro das leis naturais, inevitavelmente retornaremos a uma existência muito mais simples. Não podemos responsabilizar a tecnologia por nossas próprias deficiências. Estamos segurando a tecnologia por isso depende de nós usá-la para sempre e não para a destruição do planeta.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *